O valor de uma entidade

Quanto uma entidade pode valer para a sociedade e para as pessoas que ela representa?

Existem pessoas que medem o valor de uma entidade pelo valor financeiro que ela pode lhe transferir diretamente. Só se lembram de seus representantes quando estão carentes de algum benefício, quando pretendem que essa representação lhes conceda recursos ou lutem para a defesa de seus interesses financeiros diretos.

Felizmente existem pessoas que percebem um valor mais amplo nas entidades. São aquelas que compreendem que os ganhos financeiros são importantes, mas precisamos pensar além do imediatismo oportunista e egocêntrico que visam apenas o meu benefício e requerer dos representantes ações que possam contribuir para que nossos negócios sejam perenes. Essas são as pessoas que cuidam das entidades e as fortalecem com idéias e ações efetivas de apoio. É por essas pessoas que os dirigentes de entidades destacam parte de seu tempo para se dedicarem à gestão dos interesses sócio-econômicos daqueles a quem representam.

Temos experimentado um enorme avanço no debate de questões importantes da sociedade com o feliz advento das mídias sociais. Agora contamos com inúmeras ferramentas para expormos idéias e debatê-las com um amplo público interessado.

Infelizmente, ficou mais fácil, também, tecer as críticas maldosas e difamatórias contras as pessoas que ousam apresentarem-se para esse debate aberto e franco. Como sempre existirão os eternos descontentes, que são aqueles oportunistas caracterizados no parágrafo inicial, temos de estar preparados para ouvir, analisar, compreender e depreender quais são as reais intenções dessas pessoas.

Ao falarmos da COMTEC temos de respeitar a sua breve e vitoriosa história. Se temos interesses que essa entidade nos represente adequadamente, não podemos buscar manchá-la com acusações impróprias e totalmente desvinculadas da realidade. A nova diretoria da COMTEC está buscando apontar uma direção para um setor econômico relevante para nossa região. Querem creditar a ela responsabilidades sobre alguma ação externa sem que a discussão do tema tenha, sequer, sido proposta é, no mínimo, uma demonstração de insensatez.

Temos de exigir da entidade que seja uma efetiva representante do setor de tecnologia da informação, mas querer creditar a ela uma condição de omissa sem, ao menos, inteirar-se dos acontecimentos é uma clara demonstração de impensado oportunismo difamatório.

Vemos na COMTEC uma proposta clara de renovação de idéias. Os que estão próximos já podem sentir um novo clima na entidade. Vemos um movimento de retorno de pessoas que tinham se afastado e a aproximação de alguns que não participavam da entidade.

Essa nova diretoria é, inegavelmente, uma expressiva representação do setor de TI goiano; composta por representantes de empresas reconhecidamente importantes para nosso estado. Não creio que podemos dizer que esses empresários estejam assumindo a entidade para disporem mal de seu precioso tempo. Quem os conhece sabe da seriedade de seus empreendimentos e a direção da COMTEC não deve ser um distração ou hobby para essas pessoas.

Creio que são esses representantes que farão da COMTEC uma entidade cada vez mais relevante no cenário econômico local e nacional, tornando-a uma entidade de muito mais valor para as empresas de TI do nosso estado.

Alguém discorda?

Anúncios

5 pensamentos sobre “O valor de uma entidade

  1. O texto é bom…

    Quanto ao fato em questão, acredito que temos que nos preparar para CRITICAR (e nisso somos muito bons) e sermos CRITICADOS (sem tomar a iniciativa, quase sempre errada, de dar um retorno ainda no calor da emoção). já fiz isso muito, já fui vítima disso, muito também.

    O bom do mundo é isso, pessoas diferentes, com opiniões diferentes, com seus “modus operandi” diferentes, também.

    É pena que alguns, na pseudo-idéia de discutir idéias, queiram mesmo é que todos os diferentes, fiquem iguaizinhos a eles – adotando suas idéias, suas crenças, seus valores.

    Valha me Deus!

  2. Muito bom. É isso mesmo. Fiz parte da primeira e da segunda diretoria da COMTEC na segunda diretoria não pude me empenhar tanto por falta de tempo, vale lembrar que ajudei e muito na primeira fase da COMTEC inclusive com contribuições diretas em cursos (financiamento) e organização de eventos.

    Espero que a nova diretoria tenha a serenidade em aceitar as criticas e unir e fortalecer nosso mercado.

    QUE DEUS tenha piedade destas pessoas maldosas e difamatórias. Juntos seremos muito mais fortes.

    Jeferson força e concentre-se em continuar seus excelente trabalho para fortalecimento da COMTEC, conte comigo no que for necessário, apesar que tenho passado mais tempo em Maceió.

    COMTEC polo de tecnologia no coração do Brasil.

  3. Concordo, Se quisermos ser “fortes” e termos um negocio perene precisamos ter a visão alem dos montes sem o imediatismo e oportunismo passageiro que muitos de nos em nome da “luta pela sobreviencia do negocio” somos impedidos de fazermos o associativismo. Quando vejo grandes lojas de varejo se fundindo e se unindo exemplo de alguns dias atras Ricardo Eletro e Insuante, vejo que apesar de cada uma ja ter a sua estrategia de negocio bem definida, os mesmos buscando a sobrevivencia de seus negocios se uniram mesmo assim.
    Com esta visao tambem devemos nos unir e participar ativamente da COMTEC se quisermos manter nossos perenes e longe de ameaças externas.

  4. Concordo. Acredito no poder das “boas” idéias, principalmente na força que elas possuem em aproximar pessoas capazes e verdadeiramente interessadas no crescimento coletivo. Toda e qualquer entidade forte e atuante tem entre seus membros pessoas que colocam os interesses pessoais em último lugar. Parabéns pela iniciativa de discutir o assunto e sucesso para nova diretoria da COMTEC.

  5. Muito bom. É isso mesmo. Criticar é fácil.Duro é ser parte e fazer. Em psicologia isso é chamado de locus de controle. Ele pode ser interno (a resposabilidade e o controle é meu e por isso eu ajo) ou externo (a culpa é dos outros e por isso não faço nada a não ser criticar).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s